segunda-feira, 13 de agosto de 2018

INTER ESTÁ CADA VEZ MAIS FORTE!

Nico López fez dois gols na noite desta segunda-feira sobre o Fluminense
Rio de Janeiro (RJ) - Jogando no Maracanã, no noite desta segunda-feira, o Internacional goleou o Fluminense e superou o Grêmio na tabela de classificação chegando aos 35 pontos, três atrás do líder São Paulo. Os gols foram marcados todos no primeiro tempo, por Nico López (2) e Jonathan Alvez. No domingo que vem, às 11h, o Colorado encara o Paraná, no estádio Beira-Rio.

CRÔNICA: Vou repetir o que escrevi aqui neste espaço na semana passada: o Inter, do competente treinador Odair Hellmann é candidato ao título do Brasileirão. Isso, não significa que será o campeão. Os gremistas não gostam de ler e nem ouvir isso, mas, é a mais pura realidade, neste momento. A classificação mostra que o Colorado está credenciado para ser campeão. A cada jogo a confiança do time vai aumentado. A cada jogo o time vai ficando mais forte e mais consistente. E isso tudo sem o D´Alessandro, que perdeu completamente espaço neste esquema do Odair!

PUBLICIDADE


domingo, 12 de agosto de 2018

CORTEZ, JAÍLSON E JAEL PRECISAM SER TITULARES, CASO CONTRÁRIO...

Jael pede passagem para ser titular no time gremista.
Porto Alegre (RS) - Jogando na Arena, na noite deste domingo, o time de reservas do Grêmio goleou o Vitória por 4 a 0, em mais uma rodada do Campeonato Brasileiro, neste primeiro turno. Com este resultado, o time gremista subiu para a terceira colocação com 32 pontos, mas poderá ser superado pelo rival Inter, que enfrenta nesta segunda-feira o Fluminense, no Maracanã, às 20h.

CRÔNICA: Assistindo ao jogo, mais uma vez fiquei convencido de que o técnico Renato Portaluppi está insistindo numa situação que poderá ser decisiva, de forma negativa, para o time gremista. Insistir com Marcelo Oliveira na lateral, Cícero no meio e André no ataque, poderá causar a eliminação tanto na Copa do Brasil quanto na Libertadores. Cortez, Jaílson e Jael precisam ser titulares no Grêmio. Presta atenção no serviço, Renato! O meio-campo com Maycon e Cícero fica extremamente lento.

PUBLICIDADE