sexta-feira, 14 de março de 2014

Perdemos a chance de dar exemplo!

Julgamento ocorreu ontem em Porto Alegre. Foto: Paula Menezes/GloboEsporte
Porto Alegre (RS), 14/03/2014 - Os atos racistas por parte da torcida do Esportivo custarão caro aos cofres do clube, mas deixam o time vivo no Campeonato Gaúcho. Em julgamento que durou cerca de quatro horas nesta quinta-feira, a instituição foi condenada pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) à multa de R$ 30 mil e a perda de cinco mandos de campo. Dois auditores chegaram a votar pela exclusão da equipe da competição, mas prevaleceu a pena mais branda. Na laterna do Grupo A, a equipe permanece com 13 pontos. Fonte: GloboEsporte

Nota do editor: Sinceramente, acho que perdemos a chance de dar exemplo para o Brasil e o mundo no que diz respeito ao racismo no futebol! Embora não consta no regulamento a perda de pontos por este tipo de agressão, o tribunal poderia ter sido mais coerente depois de tudo que vimos e ouvimos nos últimos dias. Infelizmente a pena ao Esportivo foi ‘mole’, assim como os juízes que votaram por esta punição. Pra mim, o clube de Bento Gonçalves deveria ter perdido no mínimo três pontos, multa e perda de mando de campo. Segue o baile!