sábado, 7 de junho de 2014

Os bons morrem jovens!

Fernandão sai da vida pra entrar definitivamente na história do Inter. 
Goiânia (RS), 07/06/2014 - Um acidente de helicóptero, por volta das 2h deste sábado, matou o ídolo e ex-atacante e ex-técnico colorado Fernandão, em Aruanã, interior de Goiás, próximo ao Rio Araguaia. O capitão que ergueu a taça do Mundial de Clubes pelo Inter estava com 36 anos e trabalhava atualmente como comentarista pelo canal Sportv.  No mesmo acidente, outras quatro pessoas morreram, de acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros de Goiás. Fonte: Correio do Povo

Nota do editor: Sinceramente, quando acordei e vi a notícia não acreditei! Incrível como nós pensamos que os nossos ídolos jamais morrerão. É, sem dúvida, uma perda irreparável para todo o mundo do futebol. Como diria a letra da música do Renato Russo, Love in the Afternoon. ‘É tão estranho, Os bons morrem jovens, Assim parece ser, Quando me lembro de você, Que acabou indo embora, Cedo demais’. Fernandão, com certeza, foi um dos maiores ídolos da história do Inter, ao lado do Falcão. Quando saiu do comando técnico do colorado fez uma frase que pra mim é uma das mais corretas no mundo da bola: 'no futebol nem sempre se pode falar a verdade'. É isso!