quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Deus dá asa pra quem não sabe voar!

Volante Luanderson (à esquerda) não faz mais parte do grupo de jogadores do Índio. Foto: Digue Cardoso
São Leopoldo (RS), 20/08/2014 - O atacante Alex Pires e o volante Luanderson foram afastado do grupo do Aimoré e estão livre para negociar com outros clubes. Segundo o presidente André Schu, houve um acordo entre as partes. Já o zagueiro Diego Rocha foi contratado pelo Santa Rita-PB, para a disputa das finais da Copa do Brasil e não faz mais parte do grupo do Índio Capilé.

Nota do editor: Sinceramente, falando especialmente sobre o volante Luanderson. Ele é um baita jogador, uma pessoa maravilhosa, mas não soube aproveitar a oportunidade profissional que teve no Aimoré. Fora de campo, qualquer um faz o que bem entender, porém, um atleta deve ter limites para que isso não lhe prejudique. Dentro de campo, de tão técnico, pensa que é Pelé. A gota d’água foi errar bisonhamente o pênalti na decisão da primeira fase da Copa Fernandão diante do Veranópolis. O torcedor não suportou e pressionou a direção aimoresista. Tenho o maior respeito pelo Luanderson, como jogador e como pessoa, mas acho que ele terá que focar mais na sua carreira se quiser vencer. Ele é jovem ainda, tem a chance de se encontrar na vida como profissional. Deus dá asa pra quem não sabe voar!