quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Prioridade é o Brasileiro Abel? Então quero ver ganhar!

Abel Braga não considerou um vexame a derrota para o Bahia. Foto: Alexandre Lops/Inter
Porto Alegre (RS), 28/08/2014 - Desta vez, o técnico Abel Braga não pôde sequer mostrar satisfação com o desempenho do time, mas negou um "vexame" no Beira-Rio. Ele creditou a derrota para o Bahia, nesta quarta-feira, à falta de sorte nas conclusões a gol. Abelão rechaçou uma atuação vergonhosa por ter visto uma postura competitiva do grupo.

Nota do editor: O Inter não queria a Copa do Brasil. O Inter também não queria a Sul-Americana. O que o Inter quer afinal? Só pode ser a conquista do Campeonato Brasileiro, cujo título o colorado não vence desde 1979. Mas, sinceramente, vamos combinar que levantar a taça do Brasileirão está bem mais distante do que a Copa do Brasil e Sul-Americana. Novamente, o torcedor colorado ficará apenas com o gosto de ser campeão do Gauchão. Tudo isso por desmandos do futebol. Aliás, quem manda no departamento de futebol é o técnico Abel Braga. Se ‘ratear’ ficará sem a vaga na Libertadores.