domingo, 8 de fevereiro de 2015

Até quando os clubes do interior serão prejudicados pela arbitragem em jogos contra a dupla Gre-Nal?

Zagueiro Bolívar fez sua estreia com a camiseta do Noia. Foto: Giovani Júnior/ECNH
Porto Alegre (RS) - Em jogo válido pela 3ª rodada do Campeonato Gaúcho, o Novo Hamburgo perdeu por 1 a 0 para o Internacional, neste sábado, dia 07, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O gol colorado saiu de um pênalti inexistente, cobrado por Alex no final da primeira etapa. Com o resultado, o Noia caiu para a sétima colocação, com 4 pontos. Na próxima rodada, quarta-feira, dia 11, o adversário será o União Frederiquense, no Estádio do Vale.

Nota do editor: O Novo Hamburgo fez uma ótima partida contra o Internacional. Dominou boa parte do jogo. Teve chances claras de gols e não fez. Deveria ter feito. Contra clube grande quando tem oportunidade tem que fazer. Mas fora isso, o Noia foi muito bem. Se não fosse o árbitro Luis Teixeira Rocha talvez o jogo tivesse finalizado em zero a zero. O árbitro simplesmente ‘garfeou’ o Novo Hamburgo sem só e perdão! Duvido se fosse contra o Inter ou Grêmio e a favor do Novo Hamburgo, Passo Fundo, Ypiranga ou qualquer outro do interior ele marcaria! Onde nós estamos? Até quando os árbitros irão favorecer a dupla Gre-Nal em jogos contra os clubes do interior? Infelizmente assim dificilmente teremos um novo campeão gaúcho do interior. Na verdade, o que a FGF e a TV querem é que tenhamos Gre-Nal na final e não um clube do interior. Os clubes do interior estão aí pra ‘prejudicar’ uma decisão com clássico, segundo alguns. Isso tem que acabar! Se liga presidente Francisco Noveletto! 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...