domingo, 15 de fevereiro de 2015

Roger precisa rever o posicionamento do Magrão!

Magrão está sobrecarregado no meio-campo anilado. Foto: Giovani Júnior/ECNH
Novo Hamburgo (RS) - O Novo Hamburgo empatou sem gols com o Brasil de Pelotas na tarde deste sábado, no Estádio do Vale, pela quinta rodada do Gauchão 2015. Com um jogador a menos durante quase toda a segunda etapa, o Noia conquistou um ponto diante do líder da competição. O resultado deixa o time anilado na quinta posição, com 8 pontos (2 vitórias, 2 empates e 1 derrota), mesma pontuação do São José, quarto colocado. Na próxima quarta-feira, dia 18, o desafio é contra o Avenida, no Estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul.

Nota do editor: Sinceramente, diante das circunstancias, atuando com um jogador a menos praticamente todo o segundo tempo após a expulsão do Magrão, dá pra considerar um resultado positivo. Afinal de contas o time do Noia encarou um dos candidatos ao título do Gauchão neste ano que é a excelente equipe do Brasil de Pelotas. Porém, uma coisa que vem me preocupando e que escrevo aqui desde o inicio do campeonato e falo nos meus espaços na Rádio ABC 900 AM é sobre o posicionamento do Magrão no time do Noia. Acho que o técnico Roger Machado precisa rever a colocação do Magrão no meio-campo. Pra mim Magrão é um terceiro jogador do meio, assim como atuava no Inter que tinha Edinho, Guiñazu e Alex. Magrão como segundo volante não dá. Ele fica muito sobrecarregado e o time acaba perdendo um jogador qualificado, com condições de ‘pifar’ os companheiros e até quem sabe fazer os seus gols. Portanto, fica a dica para o Roger: colocar mais um volante e adiantar o Magrão, saindo Thiago Humberto que até agora não rendeu muito ao time.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...