sexta-feira, 17 de abril de 2015

Diego Aguirre vai calando os ‘apressadinhos’ da imprensa!

Diego Aguirre vai calando a boca da imprensa. Foto: Alexandre Lops
Porto Alegre (RS) - O Inter despachou o Universidad de Chile da Libertadores com uma goleada inapelável em pleno estádio Nacional de Santiago. Em grande noite de Nilmar, o Colorado sequer foi ameaçado e somou três pontos que garantem tranquilidade para carimbar a vaga para as oitavas de final. Com dez pontos, lidera o grupo 4, à frente do Strongest. A La U dá adeus ao torneio e cumpre tabela na próxima semana com apenas três pontos. O Inter volta a campo na próxima quarta-feira, contra o The Strongest, no estádio Beira-Rio. Um empate já garante o time de Diego Aguirre na próxima fase.

Nota do editor: Sinceramente, até agora não entendi porque os colegas da imprensa pegam tanto no pé do técnico Diego Aguirre. Não convivo diariamente com ele, não tenho como falar do seu jeito de tratar com os jornalistas, mas acho que não deve ser pior do que o Celso Roth ou Emerson Leão. Diego Aguirre já mostrou a sua capacidade, mesmo que muitos não reconheçam. E não é por este jogo, mas também por este jogo, escrevo estas linhas tortas no meu blog. Acho que às vezes, nós jornalistas esportivos devemos colocar a mão na consciência e analisar o projeto do clube e do seu treinador. O que acontece muito é a analise em cima do jogo. Talvez por isso, é que o futebol europeu esteja tão distante de nós. Talvez por isso, nós levamos sete a um na Copa do Mundo. Aqui o treinador perde dois jogos seguidos já está sendo colocado na forca. E o torcedor está lá na arquibancada pedindo a cabeça do técnico e na maioria das vezes influenciado pelos cronistas esportivos. Devemos colegas, repensar nossa maneira de analisar o desempenho dos treinadores. Diego Aguirre é prova disso! Fica a dica.