quarta-feira, 1 de abril de 2015

Koff e Odone deveriam responder por improbidade administrativa!!

Odone e Koff não deveriam passar perto do Grêmio nunca mais
Porto Alegre (RS) - Na reunião do Conselho Deliberativo do Grêmio, na noite de segunda-feira, o balanço fiscal de dezembro de 2014 que será apresentado aos conselheiros apontará um déficit de R$ 31,6 milhões. Ao todo, o clube teve um faturamento de R$ 216,6 milhões e débitos de R$ 248,2 milhões no ano passado, no último ano do mandado do presidente Fábio Koff.

Nota do editor: Muitos torcedores ficaram insatisfeitos com a administração do ex-presidente Paulo Odone e com razão. Afinal, ele vendeu o Estádio Olímpico e construiu a Arena, além de ter deixado o Grêmio endividado. Pois bem, o ‘eterno’ presidente Fábio Koff assumiu o Grêmio e só piorou a situação econômica do clube. Contratou errado, pagando verdadeiras fortunas e saiu sem conquistar um título. Muito antes pelo contrário, ele deixou ‘títulos’ para o coitado do Romildo Bolzan pagar. E deu no pé! Ele disse que iriam ajudar no futebol e simplesmente desistiu, deixando o Bolzan no pincel. O Grêmio está com dívida até o pescoço e sem estádio. Tanto o Odone quanto o Koff deveriam ser responsabilizados pela desgraça causada a instituição. Se eles fossem prefeitos ou governadores com certeza seriam punidos por improbidade administrativa. Acho que no futebol poderia ser assim também!