quinta-feira, 11 de junho de 2015

Quando teremos o fim de dirigentes amadores?

Zaluar foi o melhor do Gauchão deste ano. Foto: José Haag
Caxias do Sul (RS) - O Caxias informou na última terça-feira que Luis Antonio Zaluar não é mais o técnico da equipe profissional. A decisão foi comunicada ao treinador após reunião da direção do clube. Zaluar chegou ao Caxias em 14 de abril dando início a preparação do Caxias para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro da Série C. O treinador comandou o time em quatro jogos oficiais obtendo dois empates e duas derrotas. A direção grená trabalha em busca do novo treinador para a sequência da temporada 2015.

Nota do editor: Alô amigos! Sinceramente, estou bastante decepcionado com os rumos do futebol, tanto dentro quanto fora de campo, mas principalmente fora de campo. Pois, enquanto tivermos dirigentes que pensam que sabem mais do que treinadores e jogadores e que agem como o torcedor que está lá na arquibancada, o nosso futebol não vai evoluir. Escrevo isso para lamentar o desligamento do técnico Luis Antonio Zaluar do comando do Caxias após apenas quatro jogos. Pasmem, quatro jogos! Zaluar foi eleito o melhor treinador do último Gauchão e não foi por acaso e sim porque é um baita técnico, muito competente! Eu fico indignado com as decisões destes dirigentes amadores, afinal, quando contrataram o Zaluar ele era a convicção e quatro jogos depois ele não prestava, na visão destes amadores. Enfim, enquanto os que comandam o futebol fora de campo agirem desta forma provavelmente muitos técnicos serão demitidos Brasil a fora! Por favor, peguem o exemplo do Brasil de Pelotas, que mantém o Rogério Zimermmann a três anos no comando, mesmo passando por muitas dificuldades! Fica a dica!