terça-feira, 7 de julho de 2015

Novo Hamburgo perde cerca de R$ 1 milhão por falta de gestão!

William Schuster foi para o Grêmio e o Novo Hamburgo nada ganhou. Foto: Lucas Uebel
Novo Hamburgo (RS) - O Grêmio tem feitos jogos intensos. O trabalho do técnico Roger é realizado de forma intensa. O novo reforço, William Schuster, 28 anos, apresentado nesta segunda-feira no CT Luiz Carvalho, diz que seu futebol casa com este novo Tricolor. No Novo Hamburgo, o técnico utilizou o atleta tanto no meio-campo (volante e meia) como na lateral-direita.

Nota do editor: Alô amigos! Sinceramente, às vezes não consigo entender as gestões dos clubes do interior. Os dirigentes quando contratam jogadores de qualidade para a disputa do Gauchão deveriam pensar e projetar o futuro com eles, ganhando ou perdendo! Algum tempo atrás, o 15 de Novembro fazia contratos com jogadores por longo tempo, e depois emprestava para clubes do Brasil e recebia por isso. No interior, o Cruzeiro de Cachoeirinha está agindo desta forma. Escrevo estas malfadadas linhas para dizer que o Novo Hamburgo neste ano trouxe jogadores de bom nível e que deveria ter feito contratos mais extensos. Por falta de gestão, o Noia está deixando de arrecadar perto de R$ 1 milhão. Jogadores como zagueiro Luan (Concórdia-SC), Bolívar (Portuguesa-SP), Dê (Sampaio Corrêa-MA), Paulinho (Luverdense-MT), Fred (Goiás-GO), Leandrão (Brasil de Pelotas) e William Schuster (Grêmio) estavam no anilado e o clube nada ganhou. E ainda tem a possibilidade do atacante Márcio ir para o Internacional. Eles só foram parar nestas equipes porque se projetaram durante o regional no Novo Hamburgo. Se estes jogadores ainda estivessem com contrato em vigor, com certeza, o clube iria arrecadar próximo de R$ 1 milhão e poderia saldar suas dívidas e até quem sabe investir para o Gauchão do ano que vem. Fica a dica para os dirigentes. Falha na gestão de futebol do Novo Hamburgo. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...