sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Futebol profissional no Aimoré durou apenas 11 dias neste segundo semestre!

Tivemos confusão após marcação de pênalti no jogo diante do Grêmio. Foto Fernando Potrick
São Leopoldo (RS) - Era o jogo de ida da 2ª Fase da Copa Luiz Fernando Costa, competição profissional. Mas o que se viu no Cristo Rei foi o embate entre os juniores do Aimoré e o time B do Grêmio, que representam os clubes na competição. E quem levou a melhor foi o time da capital, que venceu por 2 a 0. Pelo regulamento, esta vitória classifica diretamente o Grêmio para a próxima fase sem necessidade do jogo de volta.

Nota do editor: Alô amigos! Não foi por falta de aviso! Escrevi aqui no blog que era necessário muita calma ao elogiar demasiadamente o time formado por garotos do Aimoré. CLIQUE AQUI E LEIA. E, só pra variar, fui criticado por muitos torcedores do Índio Capilé. Porém, sou jornalista esportivo e analiso como tal e não como torcedor, que faz tudo com o coração e convenhamos, não poderia ser diferente! A goleada em cima do Três Passos foi maravilhosa, mas não poderia servir de parâmetro. Sem contar o azar que o time de São Leopoldo teve ao pegar  Grêmio nesta fase do torneio. Aimoré está eliminado. Como o Índio Capilé não está jogando no Campeonato Valmir Louruz, o futebol profissional no Aimoré neste segundo semestre durou apenas 11 dias. Uma pena, pois não teremos Clássico do Vale! EM TEMPO: parabéns ao presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Novelletto, por ter criado uma competição tão esdruxula que dure apenas 11 dias de futebol profissional para os clubes. Lamentável! Cada dia me convenço mais que querem acabar com o futebol no interior.