quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Como ser rebaixado duas vezes em menos de um ano?

Presidente do Caxias está conseguindo descer de divisão duas vezes em menos de um ano.
Caxias do Sul (RS) - A última chance de sobrevivência do Caxias na Série C será disputada no próximo domingo, contra o Londrina, no interior paranaense. No sábado, Madureira e Guaratinguetá disputam seus jogos e, caso vençam seus adversários, abrirão oito pontos de vantagem para os grenás, que irão disputar apenas mais nove. E os dois clubes acima do Caxias ainda se enfrentam na 17ª rodada. 

Nota do editor: Alô, amigos! Convenhamos, ser rebaixado duas vezes em menos de um ano não é sempre que acontece. Pois, um dos maiores dos clubes do interior gaúcho, o Caxias, está conseguindo está façanha. O clube grená já caiu de divisão no Campeonato Gaúcho e tem tudo para descer pra Série D do Brasileirão. Tudo isso, graças às decisões errôneas tomadas principalmente pelo presidente Nelson Mario Rech Filho. Este homem está entrando negativamente para a história do Caxias e do futebol gaúcho. Tenho certeza que ele não queria isso, mas suas decisões foram tomadas pelo coração e nunca pela razão. Desde o começo do ano, ele trocou de diretor de futebol e de treinador várias vezes. Queimou ídolos do clube como Paulo Turra, Washington e Gil Baiano. Acho que o melhor que ele tem a fazer após a participação melancólica da Série C é pedir o boné e ir embora. Se você quer saber como ser rebaixado duas vezes em apenas uma temporada, pergunte ao presidente do Caxias! Um dirigente tem que ser muito incompetente para conseguir algo tão raro!