sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Acho que o Grêmio deveria perdoar o Ronaldinho!

Ronaldinho quer encerrar a carreira jogando pelo Grêmio
Porto Alegre (RS) - Depois da rescisão contratual com o Fluminense, Ronaldinho Gaúcho passa ter futuro incerto. A intenção do jogador é voltar a atuar somente em 2016. Em entrevista ao programa Show dos Esportes, da Rádio Gaúcha, nesta quinta-feira (1º), o empresário e irmão, Roberto de Assis Moreira, falou abertamente sobre questões polêmicas da carreira de R10. Destacou que gostaria que a relação com o Grêmio fosse melhor, mas não sabe se isso um dia ocorrerá. "Gostaria que essa relação com o Grêmio, que é o nosso clube do coração, fosse muito melhor. A gente paga o preço alto por ter tomado decisões", disse Assis.

Nota do editor: Alô, amigos! Sempre que se toca neste assunto, existe um constrangimento entre todos! Porém, não podemos deixar de comentar e analisar este ódio entre o clube, torcedores e Ronaldinho. Conheço muito bem o Ronaldinho, e sei da sua paixão pelo Grêmio, e o seu desejo de encerrar a carreira vestindo o manto sagrado tricolor! Desde 2001 idas e vindas com erros de todas as partes prejudicaram o retorno do jogador. Para onde quer que o Ronaldinho vá jogar, seja aqui ou na China e quem sabe em Marte, ele estará infeliz! Ronaldinho quer voltar para Porto Alegre. Ele sabe que está no final da carreira e quer terminá-la no Grêmio, mas a relação, principalmente com o torcedor está ainda muito delicada. Acho que neste momento os gremistas, e eu sou um deles, deveriam perdoar o Ronaldinho. Sou a favor de quem o presidente Romildo Bolzan converse com ele e o Assis. Que se abra uma possibilidade de cara voltar para o clube. Tenho absoluta certeza que o Ronaldinho aqui no Grêmio teria total compromisso e poderia acrescentar tecnicamente ao time do Roger Machado, que jogou com o craque e, portanto, também conhece as manias do R10! Eu já perdoei o Ronaldinho, porque você gremista não faz o mesmo? Acho que todos merecem mais uma chance! EM TEMPO: em 2011 foi o ex-presidente Paulo Odone que errou, pois não havia assinado contrato algum com o Ronaldinho, não teve profissionalismo e achou que uma conversa tinha resolvido tudo. Essa história entre Grêmio e Ronaldinho não pode terminar desta forma!