terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Rodrigo Bandeira busca melhor formação do Riograndense para a estreia na Divisão de Acesso!

Rodrigo Bandeira comandará o Riograndense nesta edição da Divisão de Acesso. Foto: Gabriel Haesbaert/A Razão
Santa Maria (RS) - O técnico Rodrigo Bandeira é mais reticente ao divulgar os seus 11 titulares. Um esboço pode ser tirado do time que atuou no primeiro coletivo comandando por ele, na quinta-feira. O esquema tático também não é confirmado pelo treinador esmeraldino, mas deve ser o 4-2-3-1, o mais usado na última Copa do Mundo, no Brasil. Quatorze das 32 seleções da Copa de 2014 utilizaram essa configuração tática, com a qual a Espanha foi campeã em 2010. "Fizemos o coletivo para passar ao pessoal uma ideia de posicionamento, organização defensiva, trabalhando a velocidade no contra-ataque e transição rápida, tanto defensiva como ofensiva. Dentro da ideia que temos de montagem de equipe, estamos em um caminho bom", avalia Bandeira. Fonte: Diário de Santa Maria

Nota do editor: Alô, amigos! Com certeza o competente treinador Rodrigo Bandeira irá encontrar a melhor formação para o começo da Divisão de Acesso. Aliás, Bandeira já tem em seu currículo um acesso. Foi com o União Frederiquense em 2014, quando muitos não acreditavam, Rodrigo Bandeira conseguiu colocar o União na elite do futebol gaúcho. Sabedor da competência do técnico, a diretoria do Riograndense não mediu esforços para levar o Bandeira para Santa Maria. Conheço o trabalho do Rodrigo Bandeira e sei das suas preferências táticas. Em relação ao esquema de jogo, Bandeira afirma que trabalhará com a mudança de posicionamento dentro da própria partida. Nesta edição da Divisão de Acesso, pelas dificuldades que será a competição, o treinador terá que ser extremamente estratégico, afinal, cada jogo será uma verdadeira decisão. O bom é que o Rodrigo Bandeira já sabe o caminho da elite do futebol gaúcho!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...