terça-feira, 21 de junho de 2016

Não é o fim do mundo para o Aimoré!

Presidente André Schu afirmou que finalizará o seu mandato no clube. Foto: Jornal VS
Alô, amigos!
Convenhamos, a saída de um dirigente importante de um clube de futebol, ainda mais do interior, sempre causa um grande impacto entre os que frequentam os bastidores. Mas, sinceramente, não é o fim do mundo! A saída desta pessoa não significará o fechamento do clube. A vida segue, se lamenta, é verdade, mas isso não será motivo para ficar chorando pelos cantos. 

Pois na semana passada, ocorreu a saída do presidente do Conselho Deliberativo do Aimoré, Paulo Feilstrecker. O motivo: cansaço e desistência da continuidade do trabalho devido à falta de auxílio em reuniões e afins. Respeito demais a decisão dos dirigentes, principalmente dos clubes do interior, afinal, só que já assumiu algum cargo sabe das enormes dificuldades que tem para trabalhar e realizar os projetos. 

Paulo Feilstrecker não faz mais parte do Aimoré
Confesso que jamais conversei com o senhor Paulo Feilstrecker, sei dos seus trabalhos prestados ao clube por vários anos de forma gratuita e sempre com o coração na ponta da chuteira. É claro, uma GRANDE perda para o Aimoré. Entretanto, a saída do Paulo, com todo respeito, não será o fim do Clube Esportivo Aimoré! Acho que está havendo muito mimimi com a saída dele do clube. Talvez seja o momento de renovação no Índio Capilé, tanto no Conselho Deliberativo quando na presidência executiva.

Ainda de acordo com o ex-presidente do Conselho, o motivo foi pessoal. Mas, nos bastidores se fala que ocorreu um desgaste entre o presidente André Schu e Paulo Feilstrecker. Transito neste ambiente do futebol há muitos anos, não caí de pára-quedas, por isso, digo que a segunda opção é a mais correta: desgaste. Acredito que esteja na hora de definir o futuro político dentro do Aimoré. O presidente André Schu já me confirmou que entregará o cargo somente ao final do mandato, em outubro.

Magnus Viana quer assumir a presidência do Aimoré
Aliás, já existem nomes que interesse em assumir a presidência do Aimoré. Uma destas pessoas é o Magnus Viana, que demonstrou interesse em ser o líder maior do clube. Diante de todas estas situações, crise política, desgastes entre dirigentes, creio que o presidente Schu deveria sugerir ao Conselho Deliberativo a antecipação das eleições. Fica a dica!

FIQUE LIGADO, ESTOU DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA NO FÓRUM DEBATES DA RÁDIO ABC 900 AM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...