quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Pra quê tanto volante no grupo de jogadores do Novo Hamburgo?

Goleiro Guilherme e o volante Matheus Santana foram contratados pelo Noia. Foto: Giovani Júnior/ECNH
Alô, amigos!
Não entendi porque o vice de futebol do Novo Hamburgo, Sérgio Schoenardie, contratou mais um volante. Nada contra quem está chegando, no caso do Matheus Santana, que inclusive é muito bom jogador. Mas qual a necessidade de mais um jogador para esta função?

No grupo de jogadores, o técnico Ben Hur Pereira já conta com quatro volantes. Com a vinda do Matheus Santana, agora são cinco. Não vejo a necessidade. Acredito que a contratação de um atacante seria bem mais adequada do que um volante, com todo respeito! Afinal, o Ben Hur Pereira têm apenas três atacantes no grupo.

Entendo que pode ter sido um negócio de ocasião, mas convenhamos, não dá para desperdiçar dinheiro num setor onde o Noia conta com ótimos jogadores como Danilo Goiano, Amaral, Jardel, Tiago Ott, e se precisar até o Preto pode fazer esta função.

Ainda falta um atacante né Serginho (à direita)? Isso para reforçar o grupo de técnico Ben Hur Pereira. Foto: Eduardo Pires 
A contratação de um goleiro, após a lesão do Matheus, se tornou uma necessidade. Por isso, não questiono. Cada vez que encontro o Serginho pergunto se virá um atacante, aí ele me diz que não tem dinheiro para contratar. Mas, para contratar mais um volante tem dinheiro?

Sinceramente, não entendi!