sexta-feira, 30 de setembro de 2016

A vida, o futebol e o jornalismo esportivo!

Time do Grêmio, campeão gaúcho de 1987
Alô, amigos!

GRÊMIO X INTER  - PARTE II (1983-1987) 

JULHO DE 1987       
   
O clássico Gre-Nal é tão envolvente que não dá para ficar em cima do muro. Tem gente que consegue, e eu não sei como. Eu torço, sempre torci e vou continuar torcendo para apenas uma equipe. Sou Novo Hamburgo e Grêmio, se é isso que você quer saber. É impossível você gostar de futebol, sem torcer para um clube. Quem diz que não torce para nenhum time, é um hipócrita, isso mesmo, um falso. Até mesmo um árbitro de futebol torce ou torceu para alguém. 

O time do Grêmio contava com alguns jogadores remanescentes da Libertadores e do Mundial em 1983, como Mazaropi, Bonamigo, Casemiro e China. O grande Renato já não estava mais. Ele agora, estava fazendo a alegria do torcedor flamenguista. 

"Neste ano, surgia o técnico Luiz Felipe Scolari, com o seu temperamento explosivo, mas muito competente. Era o início de uma carreira vitoriosa do Felipão, que culminaria anos mais tarde em um título mundial com seleção brasileira". 

Felipão e China comemoram o título de 1987. Foto: Valdir Friolin
Foi um jogo incrível, porque aos 18 minutos do primeiro tempo, o Grêmio já vencia por 3 a 0 e ameaçava uma goleada histórica em cima do maior rival. Embora o Inter contasse com um estrategista no banco, Ênio Andrade, o time estava completamente perdido. 

Ainda no primeiro tempo, o lateral-direito Luiz Carlos Winck descontou, em uma cobrança de pênalti. O torcedor gremista já entoava o grito de é campeão, campeão pelas arquibancadas do Olímpico. Entretanto, o atacante Paulinho (onde anda ele?), marcou mais um para o Inter. O gol, no entanto, não adiantou, e a taça ficou mesmo com o capitão China. 

China foi destaque na Revista Placar erguendo a taça
"Aliás, pela cara que o China fez quando levantou o troféu, era um peso desgraçado! Mais uma vez a taça e a hegemonia era do Grêmio." 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...