sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

O futebol, a vida e o jornalismo esportivo! Era Dunga?

Esta seleção foi um grande fracasso em 1990
Alô, amigos!

BRASIL X ARGENTINA -  PARTE III (1988-1994) 

JUNHO DE 1990

Logo no primeiro minuto de jogo, o atacante Careca fez uma linda jogada, invadiu a grande área e perdeu a chance de liquidar a partida. Depois, o nosso time rebolou, rebolou como na lambada e perdeu o jogo, e a classificação para o tango argentino. Era o fim do Brasil na Copa do Mundo na Itália. Uma decepção. Foi a pior participação brasileira desde a Copa de 1966. 

"O esquema burro do time do Lazaroni estava indo correnteza a baixo, sem deixar qualquer vestígio. O gênio liquidou com o esquema defensivista do Lazaroni. Mesmo que durante o jogo o nosso time tenha sido melhor. Mas nós fomos incompetentes na hora de decidir, mesmo contando com o maior centroavante do momento. Em um único lance, Maradona definiu e provou que o talento era mais forte. Nem o tornozelo ferido foi capaz de tirar a qualidade do craque" 

Maradona passando por Ricardo Rocha e Mauro Galvão
Don Diego passou por quatro brasileiros e deixou Caniggia na cara de Taffarel. Gol. O primeiro que levou o drible foi o então companheiro de Nápoli, Alemão. Depois Ricardo Rocha e, em seguida, Mauro Galvão e Ricardo Gomes, que acabaram trombando diante do demolidor Maradona. Estávamos fora, de novo. Não quis acreditar que mais uma vez o Brasil perdia uma Copa.

Nós fomos melhor, como é que perdemos este jogo? Maradona bem que tentou consolar o amigo Careca, mas não consolou o povo brasileiro. Pelo contrário, ficamos com ódio deste gênio. Ficamos com ciúmes do povo argentino que tinha um craque chamado Diego Armando Maradona. A imprensa tirou apenas um jogador para carrasco: Dunga. Desnecessário, vamos combinar. A Era Dunga como chamaram, quatro anos mais tarde a maioria dos jogadores seriam tetra campeões!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...