sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

A vida, o futebol e o jornalismo esportivo!

Time campeão: Fernandez, Célio Silva, Célio Lino, Marcio e Daniel; Nando, Elson, Maurício, Gérson e Marquinhos
Alô, amigos!

INTER X FLUMINENSE - PARTE III (1988-1994) 

DEZEMBRO DE 1992

O Internacional estava precisando de um título como esse. O torcedor colorado precisava de um título como o da Copa do Brasil. Afinal de contas, era uma conquista que os colorados ainda não tinham. E o rival, o Grêmio já havia vencido esta competição uma vez, além de ser vice em outra. O mar vermelho explodiu no Estádio Beira-Rio. 

"Apesar de torcer para um outro time, eu estava feliz, afinal, eram os gaúchos conquistando mais uma competição nacional. Senti vontade também de chorar e invadir o gramado para festejar com os demais colorados que estavam embebedados de emoção. A emoção tomou contas de todos os torcedores. Todos se abraçam como se fosse Natal ou Ano-Novo. Eram pessoas desconhecidas abraçando conhecidas. Eram desconhecidos beijando desconhecidos. Uma loucura!"

Célio Silva marca o gol de pênalti, no Beira-Rio, e levanta a única Copa do Brasil até hoje
No primeiro jogo disputado nas Laranjeiras, no Rio de Janeiro, o time do Fluminense venceu apertado por 2 a 1. Um resultado que foi até festejado pelos colorados depois do apito final do árbitro. Isso porque, uma vitória simples do Inter, em casa, daria o título ao time gaúcho. A conquista da Copa do Brasil nesse ano foi a maior vitória do Inter na década de 90. Depois disso, o Inter só amargou derrotas. No Beira-Rio, a vitória veio somente nos minutos finais da decisão, graças a um pênalti batido pelo zagueiro Célio Silva. Até hoje, muitos discutem o pênalti sofrido pelo Pinga. Um afirmam que foi, outras garantem que não. 

O Inter fez uma campanha impecável durante a competição, eliminando inclusive o Grêmio nas quartas-de-final. E aliás, foi a única fase que o Inter passou sem vitórias. Empatou em 1 a 1 dos dois jogos, só assegurando a classificação às semifinais porque o goleiro paraguaio Gato Fernández impediu três gols do Grêmio na decisão por pênaltis vencida pelo colorado por 3 a 0. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...