quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

A partir de agora, é o Novo Hamburgo contra tudo e contra todos, no Gauchão!

Time do Noia lidera o Gauchão com folga e isso pode incomodar os ´grandes`. Fotos: Adilson Germann

Alô, amigos!
A partir de agora, com a liderança isolada e com cinco pontos à frente de Grêmio e Caxias, mais nove pontos de distância do Internacional e livre do rebaixamento, o Novo Hamburgo terá que jogar contra tudo e contra todos dentro do Gauchão 2017. Vários são os interesses que estão em jogo. O clube terá que ter muita representatividade, dentro e principalmente, fora de campo.

"O torcedor anilado deve estar se perguntando: por que estou fazendo estas colocações? Ora, para a TV não é interessante um clube do interior estar dominando a competição paga por ela. Dá mais mídia e dinheiro ter Grêmio ou Inter liderando o campeonato. Para os dirigentes que comandam o futebol gaúcho também é desinteressante que o Novo Hamburgo esteja à frente. Afinal, caso um clube do interior seja finalista, a renda será inferior do que se fosse uma decisão Gre-Nal. Simples assim"

Jardel volta ao time nesta sexta-feira contra o São Paulo

Por isso, convoco os dirigentes do Novo Hamburgo, os mais representativos, como Rosalvo Johann, Everton Cury, Sérgio Schoenardie, para abrirem  olho, especialmente em jogos fora de casa, começando por esta sexta-feira contra o São Paulo, em Rio Grande. Sinceramente, temo pela arbitragem do jovem Lucas Horn, que será o árbitro neste confronto. Fica a dica!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...