domingo, 5 de março de 2017

O Gre-Nal ficou sem graça pra mim!

Gre-Nal neste momento não é importante pra mim

Alô, amigos!
Sinceramente, há muito tempo o clássico Gre-Nal, pelo menos pra mim, deixou de ser atraente. Acredito que esteja faltando alguma coisa nos confrontos, talvez, futebol. Sobram palavras de ambos os lados e os jogadores muitas vezes esquecem de que jogar futebol é o principal prato do clássico. A emoção de estar num Gre-Nal é deixada apenas para os estreantes, tanto para jogadores, treinadores, torcedores e até mesmo, imprensa. Já trabalhei em muitos Gre-Nais nestes 23 anos de jornalismo esportivo, portanto, sei exatamente o que estou dizendo!

"Confesso que neste momento estou bem mais preocupado com o futebol do interior, especialmente, com o time do meu coração: ESPORTE CLUBE NOVO HAMBURGO. Enlouqueço quando os jornais locais dão mais atenção para a dupla Gre-Nal do que para o próprio time da sua cidade. Acredito que neste processo de globalização mentirosa, o bairrismo ficou de lado. Está mais do que na hora dos jornais do interior voltarem às origens e promover os clubes do seu município. Isso, com certeza, não implica em deixar de noticiar os grandes do Rio Grande do Sul, mas sim, valorizar o que se tem"

Minhas atenções estão direcionados ao Novo Hamburgo, do técnico Beto Campos. Foto: Elenise Martins/ECNH

Por isso, quero aqui convidar os colegas de imprensa de todo o interior gaúcho para que possamos fazer um pacto: dar maior ênfase para os nossos times, do que para Grêmio e Inter. Com certeza, eles sim não precisam mais dos nossos textos ou boletins. É, talvez, por isso, que o Gre-Nal pra mim esteja sem graça!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...