quinta-feira, 25 de maio de 2017

O Novo Hamburgo e os seus dilemas!

O Novo Hamburgo foi campeão Gaúcho agora no dia 7 de maio de 2017, só para não deixá-lo esquecer.
Foto: Adilson Germann/ECNH

Alô, amigos!

Sinceramente, não consigo entender o meu Esporte Clube Novo Hamburgo. Há menos de um mês, o Noia conquistou o maior título da sua história, quebrando um jejum de 17 anos do interior sem erguer uma taça do Gauchão e, agora, vive uma grande crise. A sensação é que o clube ao invés de ter sido campeão foi rebaixado, tamanha a melancolia que encobre os dirigentes (os que sobraram) e parte da torcida. 

"Estou profundamente decepcionado com algumas pessoas, que assumiram compromisso com o clube e que passado o Gauchão, passado o título (que ninguém esperava) voltaram para casa. Convenhamos, este era o momento de unirmos forças para que o clube passasse verdadeiramente para um outro patamar na sua história. Escrevi aqui e disse na Rádio ABC 900 AM que o título poderia servir de divisor de águas para o clube. E até agora, este divisor o Novo Hamburgo não conseguiu romper, muito antes pelo contrário. É preciso atitude a partir de agora, de quem quer que seja. É necessário que haja união, sem que se coloque a culpa em uma ou outra pessoa. O clube está cima de qualquer nome. Os dirigentes cobram presença de público no estádio, mas não enxergam que suas atitudes acabam cada vez mais afastando aqueles que ainda acreditam"

O Novo Hamburgo é um clube de futebol. E futebol não se faz sem dívida. É necessário ter controle sobre elas. É necessário iniciar imediatamente um planejamento de futebol para 2018, quando o Noia terá pela frente a Recopa Gaúcha, Gauchão, Copa do Brasil, Brasileirão da Série C (se subir) ou Série D. Um calendário cheio. É o Novo Hamburgo e os seus dilemas, que parecem não ter fim!

ASSISTA O FÓRUM DEBATES NA RÁDIO ABC 900 AM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...