segunda-feira, 12 de junho de 2017

O que faltou mesmo ao Novo Hamburgo foi planejamento e coragem dos seus dirigentes!

A conquista do Gauchão representou muito para o clube. Agora, é preciso saber usar este momento. Foto: Adilson Germann

Alô, amigos!

Lembro muito bem que todo ano era o mesmo assunto dentro do Estádio do Vale: conquistar uma vaga para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. Foram vários anos na sequencia tentando esta vaga. E esta vaga, finalmente, foi adquirida somente em 2016, e por duas temporadas. Porém, o Novo Hamburgo não está sabendo o que fazer com este campeonato, justamente, por falta de planejamento.

"Concordo que no ano passado tudo ficou muito em cima da hora para planejar uma competição, montar uma equipe e tentar quem sabe brigar pela Série C. Aceitei estas desculpas. Mas, os dirigentes do Noia sabiam que iriam novamente estar na Série D em 2017. Convenhamos, poderiam ao menos ter feito um pouquinho de esforço para tentar visualizar esta competição, afinal, em fevereiro deste ano a CBF haviam divulgado os grupos e a tabela de jogos. Além de planejamento faltou também coragem dos dirigentes. Não incluo aqui o vice de futebol Everton Cury, ele sempre quis fazer um time forte pra disputar a Série D. Futebol se faz com coragem. E futebol não se faz sem dívida"

Time anilado tentou, mas não conseguiu evitar a derrota para o Inter de Lages. Foto: Eduardo Pires

O Novo Hamburgo, campeão gaúcho de 2017, está pagando o preço pelo medo. Esta borrando a ótima imagem construída no Gauchão. Não adianta colocarmos culpa nos jogadores ou no treinador pelo futebol de pouca qualidade nesta Série D. Que isso sirva de exemplo para 2018. É preciso, mais do que nunca, coragem e planejamento para buscar um outro patamar dentro do futebol.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...