quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Não condeno os jogadores do Aimoré que foram dispensados!

Jogadores do Aimoré foram dispensados na última terça-feira

Alô, amigos!

Sinceramente, não condeno os jogadores do Aimoré, João Antônio, Rafinha e Jeferson, que foram mandados embora por ter buscado uma complementação salarial para poderem pagar suas contas e colocar comida à mesa! Os valores que são pagos neste segundo semestre para os profissionais do futebol, especialmente os atletas, são vergonhosos. Não falo especificamente do Clube Esportivo Aimoré, falo de um sistema que engloba a maioria dos jogadores do futebol brasileiro. 

"É lógico que não foi uma atitude profissional da parte destes garotos, que ainda estão em busca de um lugar ao sol, de vestir a camiseta de um grande clube e ganhar dinheiro jogando futebol, para também ajudar os seus familiares. Mas se coloquem na posição deles! Recebendo menos de um salário mínimo por mês, não ajuda em quase nada, creio eu, nas despesas diárias de um cidadão brasileiro. Entretanto, no lugar do presidente do Aimoré teria conversado com os jogadores, para saber das suas necessidades e daria, com certeza, mais uma chance para que eles pudessem vencer nesta vida. Afinal, todos nós merecemos uma segunda oportunidade, não acham?"

Infelizmente, a minoria dos jogadores de futebol obtêm sucesso e conseguem chegar a um clube de Série A ou B de Campeonato Brasileiro. A maioria sofre pelos gramados, recebendo (e quando recebe) uma miséria. Não quero aqui tentar acabar com o sonho de um menino que deseja um dia quem sabe ser `Neymar`, mas se ainda está perambulando por clubes pequenos, com mais de 25 anos, recebendo menos de um salário mínimo por mês, tenho uma sugestão: VAI ESTUDAR!

ASSISTA O FÓRUM DEBATES DESTA QUINTA-FEIRA NA RÁDIO ABC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...