segunda-feira, 23 de outubro de 2017

O sucesso da categoria de base do Novo Hamburgo é GESTÃO!

Luiz Schaidt é no momento é grande responsável pelo sucesso da base anilada. Foto: Giovani Júnior
Alô, amigos!

Não foi por acaso que fiz questão de escrever no livro O Gigante Invisível sobre a categoria de base do Esporte Clube Novo Hamburgo. De lá, muitos saíram jogadores de futebol profissional. Outros não tiveram tanto sucesso na bola, mas se transformaram em cidadãos. Eu fiz parte da base anilada durante oito anos da minha vida. E sou grato ao clube e aos professores por isso! O sucesso ATUAL da base anilada é GESTÃO. 

Por algum tempo, a base do Noia esteve com problemas. Em 2014,  após a saída do ex-presidente Carlos Duarte, infelizmente, o trabalho de base no clube caiu bastante. Foi quando chegou ao clube o dirigente Luiz Stefanello Schaidt. Apaixonado pela base, iniciou o processo de recuperação. Conversando com o Schaidt, percebemos a sua dedicação no dia a dia junto na formação de atletas, mas acima de tudo, homens.

E pra mim, o grande responsável por esta transformação da base do Noia chama-se Schaidt, que inclusive já foi presidente do clube. Quando Schaidt chegou ao Noia apenas 94 meninos treinavam no clube.  Não havia bolas em condições, nem fardamentos e nem esteira humana capacitada. A partir de então, reuniram-se os pais e foi montada uma comissão para gerir a escolinha, tornando independente financeiramente. O crescimento foi impressionante. A base do Noia conta com 411 atletas atualmente.

O resultado obtido neste final de semana não foi por acaso. Foi porque a base está extremamente ORGANIZADA e sem medo de ser feliz. E o mais importante: sem briga de beleza entre diretores, como acontece muitas vezes com os dirigentes do time principal. Acredito que seja importante seguir que gerenciamento da base de forma separada, como está neste momento. Afinal de contas, o resultado é positivo!

Parabéns aos meninos do sub15 do Noia que estão na final do Gauchão contra o Juventude, repetindo o sucesso dos profissionais. E saudar também a equipe sub17 que se classificou às quartas de final do Estadual para enfrentar o Brasil de Pelotas.