sexta-feira, 9 de março de 2018

Novo Hamburgo precisa terminar o Gauchão com dignidade!

Ainda bem que o clube fica e dirigentes passam. Foto: Jauri Belmonte


Alô, amigos!

A situação do Novo Hamburgo é extremamente delicada. As chances de queda para a Divisão de Acesso são mais de 80%. Tudo, mas tudo mesmo, leva a crer que o anilado será mesmo rebaixado, infelizmente. Claro, no futebol, existe o imponderável, e a fuga da degola ainda pode acontecer. Mas, meus amigos, nada disso está acontecendo por acaso. Quando um clube cai de divisão, erros administrativos e a prepotência, são os principais vilões. Deixamos este assunto para depois da rodada de domingo...

Este time do Novo Hamburgo precisa terminar o Gauchão com dignidade. Se não conseguir salvar o clube do rebaixamento, precisamos, pelo menos, não perder o jogo. Meu Deus, não entendo como fizeram isso com o Noia. De campeão a rebaixado. O clube não jogou a copinha no segundo semestre do ano passado alegando falta de dinheiro. Os dirigentes tiveram pelo menos cinco meses para contratar e formar um time forte. E não conseguiram. É muita incompetência.

Espero que possamos finalizar o Gauchão com dignidade. Depois, é juntar os cacos, curar as feridas, e admitir que o clube não tem dono. E, não é afastando as pessoas que se conquista liderança. O clube nunca esteve tão longe da sua comunidade. É preciso uma reflexão profunda.