terça-feira, 10 de abril de 2018

Novo Hamburgo se reestrutura com pessoas que conhecem o futebol!

A contratação do técnico Paulo Henrique Marques foi um acerto do clube.
Foto: Aline de Melo Pires/Onze!Press


Alô, amigos!

Digo e repito: Nada acontece por acaso na vida. E claro, no futebol funciona da mesma forma. A péssima campanha do Novo Hamburgo do Gauchão, embora não tenha sido rebaixado, começou dar errado um ano antes, dois dias depois do título gaúcho de 2017, quando um dirigente considerado importante reuniu dezenas de conselheiros e sócios para dizer que o clube estava fechando. Este foi o maior erro. 

Graças a Deus, o clube não foi rebaixado. Teve que calçar a sandálias da humildade e ir atrás de até então pessoas que estavam distantes do Novo Hamburgo. São dirigentes que conhecem o futebol por dentro e por fora, com sucesso no clube. Luizinho Valentin, Sérgio Schoernadie e Nestor Dresch. Raul Hartmann assumiu a presidência. Uma pessoa íntegra e com caráter. E o mais importante: não tem medo de tornar o clube maior do que já é!

Acredito muito que poderá dar o resultado que todos nós anilados esperamos nesta Série D. Não será fácil. Mas, creio com o que está sendo realizado, o sucesso poderá acontecer. Sem dúvida, foi um acerto a contratação do técnico Paulo Henrique Marques.