segunda-feira, 23 de abril de 2018

Um Novo Hamburgo com mais ´ferrinhos´!

Novo Hamburgo fez uma grande estreia fora de casa pelo Brasileirão da Série D.
Foto: Tetê Viviani


Alô, amigos!

Quero deixar claro que não tenho absolutamente nada contra os jogadores do time do Novo Hamburgo da péssima campanha no Campeonato Gaúcho quando se salvou na última rodada do rebaixamento. Nada contra. São bons jogadores, inclusive. Mas, o fato é que a equipe não deu liga. Pareceu um time sem alma. Na terceira rodada do Gauchão, no jogo contra o São José, em Porto Alegre, eu já havia comentado que naquele time do Noia faltavam jogadores mais guerreiros, os que chamamos no meio da bola de ´ferrinhos`, mais adaptados ao futebol do interior. 

Pois bem, assisti ao jogo-treino do Novo Hamburgo com o Juventude e saí de lá com uma ótima impressão. Comentei com colegas de imprensa que o time atual, com certeza, daria uma resposta melhor, pois, no grupo haviam os ´ferrinhos` como Márcio Goiano, Léo Dagostini, Ricardo Talheimer, Rudiero, João Paulo e Fidélis. Juntando aos que já estavam como Juninho, Preto e Branquinho. 

O resultado da estreia mostrou exatamente o que eu tinha constatado. Este time, eu posso até me enganar, mas não se entregará tão fácil pra nenhuma outra equipe durante este Brasileirão da Série D.