quinta-feira, 10 de maio de 2018

O maior dirigente da história do Grêmio se foi!

Nesta foto, em outubro de 2012, estive com o presidente Fábio Koff, junto com os colegas Marcos Couto e Rodrigo Silva
Porto Alegre (RS) - O Grêmio perdeu nesta quinta-feira o homem que se tornou sinônimo de vitória no clube.
Multivencedor, o  ex-presidente Fábio André Koff, 86 anos, morreu no Hospital Moinhos de Vento, onde estava internado desde quarta-feira com um quadro de infecção generalizada. Fábio Koff deixa a mulher, Ivone, os filhos Fábio Koff Júnior e Alexandre e quatro netas. 

Nota do editor: Sem dúvida, Fábio Koff, pra mim foi o maior dirigente da história do Grêmio. Foi um grande vencedor. Na minha função como jornalista esportivo, tive por algumas vezes com o Fábio Koff. Sempre atendeu a imprensa de forma gentil, na boa ou na ruim, e sem restrições. Ele tinha, inclusive, respeito de todos os Colorados. Merece um busto na Arena.