domingo, 15 de julho de 2018

Título em boas mãos!

Capitão Lloris ergue a taça do mundo e a França comemora. Foto: Shaun Botteril.

Moscou (Rússia) - Assim como em 1998, a França venceu a Copa do Mundo com a força na bola parada como protagonista. Neste domingo (15), com novamente precisão cirúrgica nesse tipo de lance e um segundo tempo de autoridade, os franceses bateram a Croácia por 4 a 2, no Luzhniki Stadium, em Moscou, para se juntar ao seleto clube das seleções com dois ou mais títulos mundiais. 

CRÔNICA: Sinceramente, achei uma Copa do Mundo tecnicamente fraca. Por outro lado, taticamente os jogos mostraram que o caminho para as conquistas é com jogadores cumprindo as funções que são destinadas pelos treinadores. A França mereceu ser campeã, foi a seleção mais regular e que menos erros cometeu. A Croácia foi a grande sensação da Copa. Não foi a Bélgica, convenhamos. Para a seleção Brasileira resta ser mais humilde. Reconquistar a seu espaço no cenário mundial. Começando no próximo ano com a Copa América, que será realizada no Brasil. 


PUBLICIDADE